Projeto Transite – documentario e livro sobre bicicletas

Até onde você ja sonhou em ir com sua bicicleta?

Para o fotógrafo Felipe Baenninger o Brasil ficou pequeno com sua companheira, foram 3 anos de viagem pra visitar os 26 estados, 40.000km viajando solo com sua magrela, uma aventura que você está prestes a participar.

Seja bem vindo ao site do PROJETO TRANSITE.

Viajante, realizador, empreendedor(sic), ou só mais um maluco?

“Toda grande jornada começa com um único passo. No caso do fotógrafo paulistano Felipe Baenninger, 30, aconteceu com uma pedalada, no dia 1º de junho de 2013, no Rio Grande do Sul. Dali, ele serpenteou as estradas de 26 estados do país até o extremo norte, girando sua bike e registrando a relação do povo brasileiro com as bicicletas. No esquema baixo custo e alta disposição, Felipe concretizou a missão de fazer cerca de 40.000 km três anos depois.Todo o projeto, que ganhou o nome de “Transite”, se deu graças a um bem-sucedido financiamento coletivo online, culminando com o lançamento do fotolivro da aventura – um lindo registro físico da empreitada, com 60 relatos escolhidos entre mais de 500. O assunto segue instigando Felipe, que se mantém conectado ao movimento das bikes, agora com uma boa coleção de histórias.” Revista Bicycling

O PROJETO FOTOGRÁFICO

Em 2013, o fotógrafo Felipe Baenninger resolveu largar o emprego em uma agência de notícias na capital paulista para passar a viver em cima de uma bicicleta. No fim, percorreu mais de 40 mil quilômetros em todas as regiões do país, para pesquisar como a magrela é utilizada em outras cidades. Nasceu daí o Projeto Transite.

“Nosso país possui uma desigualdade estrutural enorme e isso acaba refletindo também na bicicleta”, afirma Baenninger, que fez mais de 500 retratos pelo caminho.

“A indústria sempre a promoveu como um meio de lazer para a classe média, enquanto os cidadãos comuns continuaram a usá-la como um meio de transporte.”

A ideia do fotógrafo agora foi lançar a primeira edição do fotolivro “Transite, @s Brasileir@s e suas Bicicletas”, com 60 retratos coletados pelo país.

 

[box] Conheço o acervo de imagens

https://www.flickr.com/photos/96759246@N04/[/box]

“Já que captamos dinheiro com o público nada mais coerente que devolver o resultado dessa maneira de uso livre, horizontal e coletivo.”

 

Projeto distribuído sob licença livre Creative Commons 4.0

Você tem o direito de:

  • Adaptar — remixar, transformar, e criar a partir do material
  • para qualquer fim, mesmo que comercial.
  • O licenciante não pode revogar estes direitos desde que você respeite os termos da licença.

De acordo com os termos seguintes:

  • Sem restrições adicionais — Você não pode aplicar termos jurídicos ou medidas de caráter tecnológico que restrinjam legalmente outros de fazerem algo que a licença permita.

Avisos:

  • Você não tem de cumprir com os termos da licença relativamente a elementos do material que estejam no domínio público ou cuja utilização seja permitida por uma exceção ou limitação que seja aplicável.
  • Não são dadas quaisquer garantias. A licença pode não lhe dar todas as autorizações necessárias para o uso pretendido. Por exemplo, outros direitos, tais como direitos de imagem, de privacidade ou direitos morais, podem limitar o uso do material.